FBEI – Ciranda Reflexiva (Virtual) Retorno à escola de Educação Infantil: articulações e proposições intersetoriais #SAÚDE

27 de outubro de 2020 às 18:31

No dia 03 de agosto de 2020, o Fórum Baiano de Educação Infantil (FBEI), sob a coordenação de Rose Bonfim, realizou a Ciranda Reflexiva – Retorno à Escola de Ed. Infantil: articulações e proposições intersetoriais.

O encontro que teve por inquietação inicial as orientações de retorno às aulas presenciais regulamentadas por protocolos de algumas secretarias municipais de Educação do Estado da Bahia, em especial da SMED/SSA, diante do problema de saúde planetária, o COVID-19. Entretanto, a discussão abarcou outros assuntos atinentes à interface entre Saúde e Educação.

No intento de debate especializado e amplo sobre as lentes de profissionais de Saúde acerca das possibilidades e entraves que atravessam o retorno às aulas presenciais, a Ciranda Reflexiva contou com a facilitação de Tânia Maria de Araújo – Doutora em Saúde Pública e Professor Titular Plena do Departamento de Saúde da Universidade Federal de Feira de Santana (UEFS) – e Guilherme Loureiro Werneck – Doutor em Saúde Pública e Epidemiologia e Professor de Epidemiologia do Instituto de Medicina Social da UERJ e do Instituto de estudos de Saúde Coletiva da UERJ.

Na roda de conversa, Guilherme Loureiro Werneck com vistas a abordar sobre a retomada (ou não) das atividades escolares presenciais, elemento que considera dramático, chamando a atenção que o problema de saúde coletiva se conforma de maneira diferente de acordo com as dinâmicas ao qual se apresenta, com destaque à diversidade demográfica.

Guilherme Loureiro Werneck alerta que cientificamente, se comparado com outras doenças de transmissão respiratória, pouco se sabe sobre a COVID-19. Neste esteio, traz também considerações sobre a vacina arrazoando sobre especificidades que perpassam pela disponibilização para toda a população, mesmo que seja desenvolvida e aprovada.

A apresentação de argumentos que se mostram favoráveis e contrários tanto à reabertura das escolas quanto ao não retorno das atividades pedagógicas presenciais foi ponto de debate, que, por sua vez, teve por arcabouço e articulação a análise de variáveis sociais, tais como: idade, classe socioeconômica, raça entre outras. E, também, a reflexão dos diferentes sujeitos sociais diante deste contexto.

Tânia Maria de Araújo aponta ter por expectativa discutir sobre quem ensina. Informa, nesta trajetória que além da professora de Educação Infantil – cujo sexo feminino como particularidade deste grupo é evidenciado -, inclui neste escopo também auxiliares de classe e cuidadores/as.

A saúde coletiva do/a trabalhador/a é tema principal do debate proposto por Tânia Maria de Araújo com recorte para a saúde mental a partir de dados de pesquisa empírica. Com efeito, o título da apresentação foi: Trabalho docente e saúde mental na Educação Infantil: o que sabemos previamente à pandemia que pode nos ajudar a pensar o momento atual e de pós-pandemia?

A observação, segundo Tânia Maria de Araújo, foi realizada com 20 (vinte) dos 23 (vinte e três) Centro de Educação Infantil de Feira de Santana – lócus da pesquisa – no segundo semestre de 2018. Indicadores constituíram o perfil dos/as pesquisados/as tais como como cor/raça, faixa etária, renda salarial, regularidade de efetivação de atividades físicas e de lazer, tempo de exercício da função profissional, jornada diária de trabalho, acesso a direitos trabalhistas dentre outros, foram explorados na explanação.

A avaliação atinente à saúde dos/as trabalhadores/as teve na apresentação de Tânia Maria de Araújo o foco em dois tipos de transtornos, a saber: a depressão – sob o crivo de ferramenta internacionalmente validade e; os transtornos mentais comuns – que engloba conjunto de sintomas psíquicos. Nesta conjuntura, a abordagem foi realizada tendo por fundamentação outros aportes como pesquisa, documentos, entre outros.

Para assistir à  Ciranda Reflexiva (Virtual) Retorno à escola de Educação Infantil: articulações e proposições intersetoriais  #Saúde acesse https://www.youtube.com/watch?v=mCmXMMDhm4w&t=5194s