FBEI – I Ciranda Reflexiva (Virtual) Retorno à escola de Educação Infantil: articulações e proposições intersetoriais

11 de agosto de 2020 às 13:15

No dia 13 de julho de 2020, o Fórum Baiano de Educação Infantil, coordenado por Rose Maria Pereira de SouzaBonfim, realizou a primeira Ciranda Reflexiva (Virtual) Retorno à escola de Educação Infantil: articulações e proposições intersetoriais, das 15h às 17h.

O projeto de rodas de conversas (as Cirandas Reflexivas) sobre o retorno às aulas presenciais pretende a integração de representantes de diferentes setores sociais para reflexão e construção de conhecimentos sobre interfaces entre a garantia de direitos humanos e fundamentais em tempos de pandemia, que, por sua vez, perpassa por atravessamentos atinentes ao retorno às aulas presenciais.

Constituída por diferentes instituições envolvidas diretamente com a educação da primeira infância e com o trabalho das profissionais da educação, a Ciranda Reflexiva com as ponderações de professoras de diferentes territórios geográficos e entidades mantenedoras, a saber: Valmira Ferreira dos Santos (rede comunitária de Salvador); Rita Suely Barreto Almeida (rede municipal de Educação de Lauro de Freitas), Ludimila Miranda Cardoso (rede particular de Salvador).

Além as docentes de Educação Infantil, atividade, além da mediação de Rose Bonfim, contou com a presença das seguintes representações de coletivos de profissionais da Educação: Alysson Mustafá (diretor da SINPRO/BA) e Marcos Marcelo Barreto (diretor da APLB-Sindicato).

Tendo por foco de discussão a preservação da vida, a Ciranda Reflexiva do mês de julho buscou articular e propor sobre a implantação e implementação dos protocolos de retorno das atividades letiva em interlocução com as agruras da pandemia (que surgiram e ou que recrudesceram neste contexto).

Dentre as mensagens que recebemos em retorno à atividade destacamos a de Ladjane Alves Sousa, coordenadora de instituição com turmas de crianças pequenas no município de Lauro de Freitas, que, por sua vez, explana: “Discutir sobre a Educação Infantil no contexto de pandemia é anunciar uma narrativa historicamente não privilegiada, é urgente refletirmos como o aprofundamento das desigualdades ficam em evidência. A live foi excelente pois possibilitou um olhar maduro, profissional daqueles que compõe o chão da escola e da localização social que ocupamos, uma vez que somos maioria de mulheres pretas nas turmas e espaços da Educação Infantil. Trouxe contribuições sobre pensar limites e possibilidades do retorno as aulas, sobre protocolos, etc.. O FBEI está de parabéns! Me senti representada.”

Para assistir à primeira Ciranda Reflexiva (Virtual) Retorno à escola de Educação Infantil: articulações e proposições intersetoriais acesse:

Ciranda Reflexiva: Retorno à Escola na Educação Infantil – articulações e proposições intersetoriais

Realização:FBEI, MIEIB e Comitê BA da rede da Campanha Nacional pelo Direito à Educação.

Posted by Campanha Nacional pelo Direito à Educação on Monday, July 13, 2020