MIEIB APOIA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE BELO HORIZONTE

No dia 04 de outubro, professoras e crianças da Escola Municipal Jonas Barcellos Correia passaram por uma situação vexatória ao serem abordadas, questionadas e filmadas por um vereador de Belo Horizonte/MG com a insinuação de que as crianças foram levadas para uma exposição artística voltada a adultos em uma das galerias do Centro Cultural Palácio das Artes. 

O referido vereador, desconsiderando a explicação das professoras de que a visita cultural foi um convite direcionado às escolas para participarem gratuitamente do 19º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte que exibiu, no período de 02 a 06 de outubro, mostras culturais e animação no Cine Humberto Mauro, também localizado no Centro Cultural Palácio das Artes. Não satisfeito em filmar as crianças e suas professoras, sem autorização, o vídeo foi postado nas redes sociais com imagens da exposição artística "Faça você mesmo sua Capela Sistina", com a clara intenção de insinuar que as professoras levaram crianças a atividade não direcionada a elas. O vídeo viralizou, as professoras foram assediadas e as crianças expostas.

Ao tomar conhecimento do ocorrido, a Secretária Municipal de Educação de Belo Horizonte, Ângela Dalben, reconhecida profissional da área de Educação e em estrito cumprimento do cargo que ocupa, solicitou à Câmara de Vereadores que tomasse providência e as medidas cabíveis, afinal a integridade moral de crianças e professoras foi violada.

Em uma situação como a relatada, o que se espera é uma decisão que reafirme a proteção integral, a prioridade absoluta, o direito a uma educação pública de qualidade e o direito à cultura, como previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e na nossa Constituição Brasileira. Entretanto, em uma decisão absurda e totalmente desconectada com os princípios democráticos e de justiça, a resposta de 27 vereadores à solicitação da Secretária foi uma moção de repúdio contra a própria secretária, que nada mas fez do que cumprir o papel para o cargo ao qual foi designada.

O MIEIB, frente ao exposto, declara apoio e solidariedade à Secretária Ângela Dalben, bem como às professoras e crianças que foram expostas à situação vexatória por um representante do poder público municipal de Belo Horizonte.

Assine também a petição de apoio à Ângela Dalben.